Expetativas

São o meu vício, a minha droga, os meus arrependimentos. Fujo, corro para longe delas, ou melhor tento fugir. Quanto mais longe penso que estou mais perto me deparo.
É difícil deixa-las. São tão tentadoras. Fazem o feio tornar-se bonito, o impossível em possível.
Quero-as tanto mas só me fazem sofrer.
Falo de expectativas. Quem nunca as criou que atire a primeira pedra. Luto todos os dias para não as criar, mas quando dou por mim involuntariamente lá estou eu.
Mundos perfeitos, ilusões criadas pela minha cabeça com o objetivo de me darem esperança. Não esperança de que aquilo que imaginei vai acontecer mas sim esperança de que vai acontecer tal e qual como imaginei.
É cliché mas uma realidade: expectativas geram desilusões.
Sou toda expectativa. Eu imagino o que vou fazer no dia todo, na semana e às vezes até o que pretendo fazer num ano. Claro que tudo sai furado e nunca sai do jeito que quero.
Ter objetivos é bom, ter expectativas é mau.
Elas são mesmo a minha droga. Fazem-me sentir numa manta quentinha , num abraço confortável para logo a seguir me deixarem na escuridão e na frustração. Então eu volto para elas e assim começa um ciclo.
Então ultimamente eu tenho fugido delas. Às vezes quando menos espero encontro-as e é simplesmente aterrador e tentador.
Tenho tentado seguir a vida sem fazer qualquer tipo de plano, e deixar simplesmente acontecer mas por vezes torna-se difícil não formar cenários, criar falas ou imaginar momentos.
A minha expetativa atualmente é que deixe de ter expetativas um dia.
Mais alguém assim?


CONVERSATION

6 comentários:

  1. Concordo a 100%, infelizmente... As expectativas acabam sempre por me magoar. Seja com pessoas, com planos... Enfim :/ Como eu costumo dizer: as expectativas é que fo... lixam tudo.

    ResponderEliminar
  2. Não ter expectativas, por vezes, era mesmo o melhor!

    r: Muito, muito obrigada *.*

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente, sei o que é isso.Ultimamente estou numa de tentar criar menos expectativas, mas confesso que não é nada fácil.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar

Seguidores