Amor...

4 Letras que significam tudo e movem mundos: amor. És uma palavra tão bonita quanto o teu significado.
Sem duplos sentidos ou metades, és um todo e fazes parte de cada um de nós. Encontro-te nos olhares que brilham, nos gestos que gritam, nas palavras sussurradas, nas memórias guardadas. Encontro-te em cada suspiro dado, em cada sorriso largado e em cada respiração tomada.
És de todos e não és de ninguém. O sentimento mais independente, que nasce nas mais pequenas coisas , nos momentos mais raros, de onde menos se espera.
Trapalhão, explosivo e sensível, são 3 dos muitos adjetivos que possuis. Consegues por água a ferver e acender chamas em locais inóspitos.
Sabes diferentes línguas e expressas-te de mil e uma maneiras mas és tão cabeça dura que muitas vezes é difícil demonstrar-te. És tão confuso que por vezes é difícil dar contigo. Fazes de uma certeza, um quebra-cabeças difícil de resolver.
És tudo aquilo que de bom há nas pessoas mas não é por isso que deixas de fazer as mesmas sofrer. Dói quando decides abandonar alguém, quando sentes que foste posto de lado ou pior quando decides substituir corações. Tornas-te ar difícil de respirar quando decides partir e lágrimas difíceis de segurar e de irem embora.
És sangue que corre nas veias, e um coração que dispara quando entras em ação. És borboletas no estomago e adrenalina que percorre o corpo inteiro.
Não és perfeito nem nunca o serás. Crias sensações tão profundas e diferentes umas das outras.
Sentimento mais sincero que tu não há.
Vens com mil ideias, sonhos  e sem dúvida tesouros.
Trazes contigo bagagens às costas. Da mesma forma que moves multidões, acabas por trazer contigo a saudade.
Essa amizade terrível e que eu queria tanto separar. A saudade manda embora as pessoas de quem mais gosto, mas tu pareces não importar. É um amor que fica guardado numa caixinha à espera de ser novamente aberto.
Paras o tempo e não sabes definitivamente andar direito, porque é nas encruzilhadas e nos caminhos tortos da vida que dou de caras contigo.
Vestes-te de diferentes formas e feitios e nenhuma delas é pior que a outra.
"Amor", já desejei não sentir-te porque crias em mim o medo de perder e eu não suporto perder mais pessoas. Mas és tu que dás cor aos dias cinzentos e fazes de mim uma pessoa melhor.
És como a teoria do big-bang, vens do nada, provocas tudo. Vais criando e formando futuro e crias obstáculos para serem resolvidos.

Não sei se sabes "amor", mas és o ponto de início de cada um de nós e todos fomos criados graças a ti.

CONVERSATION

5 comentários:

  1. É um sentimento extremamente valioso e poderoso, que nos move e nos suporta em inúmeros momentos da nossa vida. Só tenho pena que algumas pessoas não cuidem dele e o tratem com tanta leviandade

    ResponderEliminar
  2. Sentimento forte e por vezes muito confuso!

    ResponderEliminar
  3. "És sangue que corre nas veias, e um coração que dispara quando entras em ação. És borboletas no estomago e adrenalina que percorre o corpo inteiro."

    Adorei!

    ResponderEliminar
  4. Adorei! 😍
    www.paulacmelo.wix.com/fotografia

    ResponderEliminar
  5. 'Não sei se sabes "amor", mas és o ponto de início de cada um de nós e todos fomos criados graças a ti.'
    obrigada por me deixares ler estas coisas! mil beijinhos!

    ResponderEliminar

Seguidores