Quando o mundo vira ao contrário...

A vida é tão certa que se destaca num mundo de incertos. É tão confiante e é quem comanda a vida de todos. Simples marionetas que pensam saber tudo mas nada sabem.
Nem sempre tudo dá certo. Nem sempre temos a sorte a nosso favor. Nem sempre temos o momento exato.
Nunca a segurança foi posta em causa quando se tem os pés na terra. E é então que de repente o tapete é retirado e o chão desaba.
Aquele momento em que o tudo se desenrola em câmara lenta e o coração bate descompensado na tentativa falhada de sincronizar o seu batimento com o momento presente.
Nós paramos mas o mundo não. Ele continua a girar na sua perfeita harmonia sem saber da confusão em que o nosso mundo se encontra.
Sentimo-nos a cair e não conseguimos fazer nada para evitar. No momento da queda não vai estar ninguém para segurar ou para nos amparar, e muito menos haverá cordas a que nos possamos agarrar.
Sufocamos o choro porque nem ele se consegue libertar de tal que foi o choque. Sentimos as feridas abertas de um coração partido.
Vamos cair com todas as nossas forças e só depois de estarmos lá em baixo é que teremos de achar reforços e forças para nos fazer levantar. Por vezes é necessário cair, levarmos um soco invisível no estômago e o chamado “ abre-olhos” para vermos a verdadeira realidade das coisas.
O nosso mundo nunca é o certo porque a qualquer momento pode virar-se de cabeça para baixo e sempre que acorre isso são necessárias mudanças.
As coisas nunca vão sair do jeito que nós queremos, e as expectativas criadas não passam de ilusões formadas, de sonhos interrompidos. No fundo sabemos disso mas toda a esperança é depositada e ninguém nunca está preparado para o confronto com a realidade.
Mas nem tudo é mau. Às vezes a vida põe-nos à prova para sabermos do que somos capazes e as coisas erradas tendem a acontecer para nos mostrar o caminho certo. E quando perdermos o rumo, só temos de prestar atenção ao nosso redor e nunca desistir de o procurar.
Nem sempre as coisas vão acontecer como queremos, onde queremos e com quem queremos. 

CONVERSATION

8 comentários:

  1. não sei lidar com os teus textos! identifico-me tanto! <3

    ResponderEliminar
  2. Sem tirar nem pôr! Nós podemos cair mas sabemos nos levantar! Temos que saber!

    ResponderEliminar
  3. 2016 foi mesmo assim para mim... e apesar de ter custado na altura, só me tornou mais forte!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  4. A vida mete-nos muitas vezes à prova e acabamos por aprender muito com isso!

    ResponderEliminar
  5. O meu 2017 começou assim, exatamente de pernas para o ar.
    Beijinhos :)
    dailyvlife.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Tens toda a razão. As coisas não acontecem sempre à nossa maneira.

    Olá, sou a Olivia, nova por estas bandas. Gostei do blogue! **

    ResponderEliminar

Seguidores